Metodologia para o mapeamento e análise da desigualdade ambiental urbana na Subprefeitura da Lapa (São Paulo, Brasil) com apoio de geoprocessamento

Rúbia Gomes, Fernando Shinji

Resumen


O objetivo deste trabalho foi avaliar a desigualdade ambiental também chamada de justiça
ambiental, na Subprefeitura da Lapa, município de São Paulo - SP (Brasil). Os dados utilizados
foram o censo 2000, a carta geotécnica do município e a base das favelas. Foram considerados na
análise as condições de abastecimento de água, de esgotamento sanitário, de coleta de lixo, a
presença de domicílios improvisados, a ocorrência de favelas e os riscos de escorregamentos de
massa e inundações. A integração dos dados foi feita utilizado um Sistema de Informação
Geográfica. Os resultados permitiram a análise espacial da distribuição do índice de qualidade
ambiental urbana. A população foi dividida em grupos, de acordo com seu índice de qualidade
ambiental. As condições ambientais refletem a desigualdade à que grupos sócio-econômicos estão
submetidos em grandes centros urbanos como São Paulo.

Palabras clave


Desigualdade ambiental, qualidade ambiental, geoprocessamento, São Paulo

Texto completo:

PDF


Licencia Creative Commons

Esta obra está bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial-SinDerivar 4.0 Internacional.


GeoFocus es la revista del Grupo de Tecnologías de la Información Geográfica de la Asociación de Geógrafos Españoles. Recibe soporte institucional y técnico de RedIRIS (Red Española de I+D soportada por el Gobierno de España), de la FECYT (Fundación Española para la Ciencia y la Tecnología) y Grumets (Grupo de Investigación Métodos y Aplicaciones en Teledetección y Sistemas de Información Geográfica).